Executiva de Pedagogia não reconhece alunos de EAD

Esses dias recebi uma mensagem da Executiva Nacional dos Estudantes de Pedagogia, ExNEPe com os dizeres:

A Executiva Nacional dos(as) Estudantes de Pedagogia e os estudantes de Pedagogia, desde o VII FONEPE que ocorreu em Brasilia no ano de 2005, na UNB, tirou que não representamos os estudantes da educação a distância e que a principio não reconhecemos estes alunos, mas que iríamos nos aprofundar mais nesse assunto.

Posição bem interessante, e questionável. O FONEPE é o espaço que reúne todos os centros acadêmicos de pedagogia do país. A próxima edição acontece em maio na USP em São Paulo e o próximo Encontro Nacional dos Estudantes de Pedagogia, ENEPE, em julho na UFES.

Anúncios

Alunos de EAD ganham fórum geral na UFSCar e até Centro Acadêmico Virtual

A Coordenação Geral do programa de educação à distância da UFSCar, o UAB-UFSCar surpreendeu os alunos com uma novidade no mínimo inusitada. É que, depois de pedidos de diversos alunos(e eu me incluo nessa lista), foi disponibilizado um ambiente comum dentro do Moodle,  para todos alunos de todos os cursos e pólos da universidade. É uma possibilidade de interação importante e que vai potencializar a organização estudantil na universidade.

Além disso, a coordenação está pedindo uma indicação temporária de representantes em todos os cursos. Na sequência é a vez das eleições efetivamente. Enfim, teremos  um longo processo de eleições virtuais de representantes e na sequência, o início das atividades outros novos pólos. Boas novidades devem vir em breve.

UERJ: Promessa de mais espaço para os alunos de EAD

Depois de uma eleição para reitor conturbada, onde os alunos de EAD do Consórcio CEDERJ foram impedidos de votar para reitor, por decisão do conselho universitário, o cenário da Universidade Estadual do Rio de Janeiro parece começar a melhorar, para os alunos de EAD.

Isso de deve pelo fato de que o novo reitor eleito, o Prof. Ricardo Vieira Alves, ter sido o único candidato a assumir publicamente o apoio a EAD e que também estaria defendendo o reconhecimento desses cursos no estado do Rio, visto que alguns alunos formados no CEDERJ foram impedidos de assumir vagas em concursos públicos, por problemas de reconhecimento de diploma.

O Reitor eleito convidou uma comissão de alunos da UERJ via CEDERJ para conversar nesta semana. Boa sorte e esperamos que o cenário melhore de fato na UERJ.