Computeiros acordam cedo…

Parece incrível, mas não é que a maioria dos eventos comunitários iniciados as 09h da madrugada estavam com público. Em especial os encontros de Moodle e do BrOffice.org tinham mais de 80 pessoas, enquanto que o encontro de estudantes da ENEC teve mais de 50 estudantes presentes. Por volta das 10h da manhã, os corredores do FISL já estavam bem movimentados. É, e não é que os computeiros estão madrugando no FISL… Preciso correr para mediar a mesa sobre o Firefox…

Abertura do FISL tem alfinetadas entre vice-governador do RS e Requião

Figura já conhecida do FISL, o governador do Paraná Roberto Requião participou mais uma vez da cerimônia de abertura do evento, que contou com uma mesa invejável, repleta de autoridades, como a Dep. Maria do Rosário, diversos representantes do governo federal e do vice-governador do RS, Paulo Feijó. Ovacionado pelo público durante a sua de cerca de 15 minutos, o Requião destacou a política agressiva de software livre desde a sua primeira gestão e que tornou o estado do Paraná uma referência mundial em políticas públicas de software livre. Requião destacou o fato de o Paraná ser o primeiro estado a ter uma lei de adoção preferencial do ODF, o OpenDocument Format. Requião foi aplaudido 3 vezes durante o discurso e aplaudido de pé ao final do seu discurso.

O mico da abertura ficou por conta do vice-governador do RS que, durante sua breve fala citou ser dono de uma empresa de software proprietário (putz, haja cara-de-pau!) e que, em indireta ao discurso que acabava de terminar, preferiu dizer que governo bom é governo que não aparece e terminou sem falar absolutamente nada sobre a política de software do RS. Melhor calar a boca logo para não falar mais besteira…

Tipo, talvez seja hora de o FISL pensar em mudar de estado…

Estudantes de computação se reúnem amanhã as 09h no FISL

Fazendo parte da programação de eventos comunitários do FISL, a ENEC – Executiva Nacional dos Estudantes de Computação realiza o encontro “Os estudantes de computação e o Software Livre na Educação”. O evento tem como foco divulgar os projetos da entidade na área de software livre e também mobilizar os estudantes de computação presentes no FISL para discussões acerca da difusão do software livre na universidade, a regulamentação da profissão de informática e a educação à distãncia. O evento rola das 09 às 10h na sala Marcelo Tossati (41D).

Hora Ginga: não tem como escapar, a TV Digital brasileira tem que ser livre

Na primeira apresentação da Hora Ginga, espaço especial do FISL dedicado ao middleware da TV Digital Brasileira, Marcelo Moreno do Governo Federal foi claro: não existe possibilidade de os fabricantes, canais de TV e agências de publicidade trabalharem com plataformas proprietárias para difundirem conteúdo interativo de TV Digital. Nossa reportagem questionou Marcelo Moreno sobre a possibilidade de surgir algum tipo de convênio entre canais de TV, agências de publicidade e a Microsoft. Moreno afirmou que o Ginga já é uma norma da ABNT e que qualquer outro tipo de plataforma estaria fora da normatização brasileira, e portanto, este tipo de setup-box não poderia ser comercializado. Outro ponto importante é que todas essas normas estão disponíveis gratuitamente no site da ABNT.

Para Sulamita da Intel, certificações não são o principal

Durante a palestra “Profissionalismo para nerds”, Sulamita Garcia da Intel destacou que as certificações em diversos tipos de tecnologias e distribuições não devem ser o principal desejo daqueles que estudam e pretendem ingressar no mercado de trabalho de tecnologia e computação. Para Sulamita, as certificações apresentam diversos problemas e dentre os principais, o fato de muitos profissionais se preocuparem apenas com a prova, não tendo de fato qualificação em determinada tecnologia. Sulamita enfatizou a importância do diploma e de uma formação sólida em computação.

Destaques da programação de hoje no FISL

Quinta-feira (17/04)

13h: Profissionalismo para nerds – Eu já sei o que vou ser quando crescer, com Sulamita Garcia
15h: Introdução à TV digital interativa, com Marcelo Ferreira Moreno
15h: Uma nova lei autoral para o Brasil: equilíbrio entre proteção e acesso a conhecimento, com Pedro Paranaguá, Luiz Moncau, Marcos Alves de Souza e Sergio Vieira Branco Junior
16h: Abertura oficial do 9° Fórum Internacional Software Livre
17h: Filesystems: você realmente sabe instalar o GNU/Linux, com João Eriberto Mota Filho
18h: Futuros digitais, com Mangabeira Unger, Claudio Prado e Ronaldo Lemos

Forum Internacional de Software Livre começa em Porto Alegre

Mais de 6.500 pessoas vão participar do evento, que ocorre até sábado (19)

A partir de hoje, dia 17 de abril, Porto Alegre (RS) será sede de um dos maiores eventos de software livre do mundo – o Fórum Internacional Software Livre (fisl). O evento, que chega a sua nona edição, bateu recorde de público. Mais de 6.500 pessoas vão participar de diversas atividades que ocorrem até sábado, dia 19.

Serão três dias de intensa programação. Palestras com grandes nomes nacionais e internacionais, workshops, Grupos de Usuários, encontros das comunidades de software livre, Mostra de Soluções, TV Software Livre, Arena de Programação Livre, Arena Arte Livre e várias outras atividades.

O Fórum Internacional Software Livre é um momento de discussão, troca de experiências e conhecimento, divulgação da cultura livre, atualização, enfim, uma oportunidade de reunir milhares de pessoas que contribuem para o desenvolvimento do software livre. O público do FISL inclui empresários, profissionais técnicos, diretores e técnicos da área governamental, pesquisadores e estudantes.

O Fórum abrange o uso do software livre nas mais diversas áreas: segurança, educação, economia, política, cultura, tecnologia, entre outras. Além de proporcionar a discussão sobre os diversos aspectos relacionados ao uso do software livre, o FISL visa potencializar negócios baseados em software livre.

Conferência vai discutir novas perspectivas de políticas públicas para juventude no fisl

O 9º Fórum Internacional Software Livre – fisl9.0 – será palco de uma importante discussão sobre as novas perspectivas de políticas públicas para juventude – a Conferência Livre de Juventude, no dia 19 de abril, às 11 horas. O objetivo do encontro é elaborar propostas concretas de estímulo e apoio à utilização de software livre nos diversos programas federais voltados para a juventude.

A Associação Software Livre.Org (ASL), entidade promotora do fisl, faz parte do Conselho Nacional de Juventude desde dezembro do ano passado, contribuindo na temática de Tecnologia da Informação. Por este motivo, organizou a Conferência, que se caracteriza por ser um espaço para discussão e encaminhamento de propostas para a Conferência Nacional de Juventude, que neste ano será realizada entre os dias 28 a 30 de abril.

Vão participar da Conferência o consultor e técnico em tecnologias livres, Everton Rodriges, que já trabalhou como assessor comunitário na Prefeitura Municipal de Porto Alegre no Núcleo de Políticas Públicas para a Juventude, no Projeto Telecentros e no Projeto Estúdio Multimeios; o sociólogo e doutor em Ciência Política, Sérgio Amadeu da Silveira, que já foi presidente do Instituto Nacional de Tecnologia e implementou diversos programas de inclusão digital, como o Programa Computador Para Todos; o presidente do Conselho Nacional de Juventude, Danilo Moreira; o coordenador geral da ASL, Sady Jacques, que já coordenou a rede de Telecentros de Porto Alegre.

O fisl acontece a partir desta quinta-feira, 17, e vai até sábado, dia 19 de abril, no Centro de Eventos PUCRS, em Porto Alegre (RS). Mais informações no site www.fisl.org.br.